Slide Slide Slide Slide Slide

Samuel Úria

Nascido no decote da nação, entre o Caramulo e a Estrela, Úria leva para os palcos o blues do Delta do Dão. De lenda rural para lenda urbana, tudo está certo: meio homem-meio gospel, mãos de fado e pés de roque enrole.

Com uma proveniência marcada pelo punk, pelo rock’n’roll e pela estética low-fi, Samuel Úria tem ganho notoriedade desde 2008. Da sua discografia “oficial” em nome próprio, constam quatro LP e dois EP – “Canções do Pós-Guerra – solo (2021); “Canções do Pós-Guerra” (2020); “Marca Atroz” (2018); “Carga de Ombro” (2016); “O Grande Medo do Pequeno Mudo” (2013); e “Nem Lhe Tocava” (2009). Já na “não oficial” e associada à editora FlorCaveira, dois CD-R e um EP-R – “O Caminho Ferroviário Estreito”; “Em Bruto”; e a “Descondecoração de Samuel Úria”. A somar, colaborações nos projetos “Velhas Glórias”, “Ninivitas” ou “Maria Clementina”.

Destacando-se entre os pares pela sua singularidade no uso da língua materna, as suas canções podem ainda ser encontradas no repertório de Ana Bacalhau, Ana Moura, António Zambujo, Cindy Kat, Clã, Cláudia Pascoal, HMB, Marta Hugon ou Miguel Araújo, consagrando-o como o mais interessante cantautor do século XXI.

ARTISTAS

O lugar dos nossos artistas. Consagrados, emergentes e improváveis. Nacionais e internacionais. Talentos dos mais diversos quadrantes que expõem aqui a sua arte: São sobretudo ilustradores, street artists e designers, mas também arquitetos, fotógrafos, músicos, escritores e até chefs.

Poster Mostra

O POSTER é uma mostra pública de arte e palavra que tem como ambiente nativo a rua.

Palavras, fotografia, desenho, ilustração e mix media assumem o formato poster como meio.

Uma galeria pública a céu aberto.

Surge como homenagem a um dos mais poderosos meios de comunicação de sempre. Foi o primeiro em que a arte e publicidade se uniram em simbiose.

Usados para vender de tudo, de sabonetes a ideais.

Mudaram o mundo e mudaram a forma como o mundo comunica. Criaram guerras, criaram heróis, e criaram a possibilidade de qualquer um forrar as suas paredes com um pedaço da história.

História da qual, Lisboa, fará agora parte.

Subscreva a nossa newsletter

    Tomei conhecimento da Política de Privacidade e Termos e Condições e quero subscrever a newsletter Poster.